(85) 32711692

Whatsapp (85) 986737095

Atendimento Psicoterápico

IGC - Instituto Gestal do Ceará

R. João Regino, 474 - Parque Manibura.

©2019 by Psicólogo Felipe Saraiva Nunes de Pinho. Todos os direitos reservados.

O PSICODRAMA

Abordagem fenomenológico-existencial
Prof. Dr. Felipe Saraiva Nunes de Pinho

O Psicodrama, como psicoterapia fenomenológico-existencial, é uma psicoterapia vivencial, que atua a partir dos sentidos existenciais do próprio cliente.

O Psicodrama é uma abordagem psicoterápica criada pelo Psiquiatra romeno Jacob Levy Moreno. Moreno desenvolveu o Psicodrama a partir de sua experiência com o teatro espontâneo, na década de 1920 em Viena, Áustria (MORENO, 2014). Para Moreno, o teatro espontâneo representa uma verdadeira revolução criadora, pois promove a espontaneidade dos participantes. A vivência espontânea beneficia a saúde psicológica através da catarse ou liberação (ação de purificação) das emoções reprimidas. A falta de espontaneidade pode gerar ansiedade e sofrimento psicológico.​ A catarse é descrita por Aristóteles, em seu livro Poética, como sendo o efeito terapêutico da dramatização das tragédias gregas.  

O Psicodrama usa recursos e experimentos teatrais para convidar o cliente a reviver suas principais experiências. A dramatização (re-apresentação, re-vivência) das cenas significativas da nossa vida, no aqui-agora do setting terapêutico, potencializa a compreensão por parte do cliente de suas experiências vividas, o que possibilita uma ampliação da consciência de si e do outro e a ressignificação da vivência.

O Psicodrama, como narrativa dramática, estimula uma configuração da história de vida de maneira mais criativa e própria.

MORENO, J. L. Psicodrama. São Paulo: Ed. Cultrix, 2014.